terça-feira, 28 de julho de 2015

Um pôr do sol no telhado é buéda fashion.

Ainda na senda do ultimo post – que já tem quase uma semana, mas isto agora é assim, funciona a ritmo turbolento – faço também questão de fazer menção aos “novos” tipos de festa que pululam pelo Facebook: as sunset parties e as rooftop parties.
 
Se forem rooftop no sunset, melhor ainda, especialmente se acompanhado de um gin com bagas e frutos silvestres ou de um champanhe GH Mumm (tem que ser este e não outro). Ou seja, se eu for a rooftop celebrar um sunset, não fica bem pedir uma imperial, sob pena de passar por brega. Por outro lado, ganho pontos extra no Facebook se, para além dos items atrás expostos, aparecer e identificar numa foto as minhas amigas betinhas Rita Sottomayor de Abreu ou Patrícia Vasconcellos e Silva (é imperativo ter três nomes meio pomposos com um “de” um “e”, ou apelido com duas consoantes tipo “tt” ou “ll”). E mais pontos extra ganho se uma dessas amigas tiver uma alcunha tipo “Bibá”, “Pituxa” ou algo assim meio bimbo que por ser aplicado a alguém da Linha passa a ser bem.
 
Estranho mundo este em que vivemos.

8 comentários:

Rosa Cueca disse...

Oh sim, por favor leva-me!!
Adoro pagar 10€ por um gin com água tónica e frutos silvestres congelados do Lidl.

Pffff.

(mas umas ameijôas à bulhão pato com um branco fesquinho e umas torradinhas, pronto, uma pessoa não se faz de esquisitinha)

Kikas disse...

Podemos todos ir para o telhado do meu prédio, perto da antena está-se muito bem, digo-vos eu.
Eu levo uma água das pedras em copo com uma lasca de pepino lá dentro, o pau da vassoura e fita-cola para as selfies felizes com o pôr do sol (escondo a caixa do choco frito para não aparecer). Julgo que enganamos os gajos.
No fim, eu identifico-me com Kika (tiro o "s", para cumprir requisitos), tiro o "e" da Cueca e tu, Dexter ficas com um apostrofo, D'Exter, que é o melhor que se pode fazer por ti.



Jedi Master Atomic disse...

Estranho mundo não é ter 2 consoantes no apelido pah, é lutar por ganhar pontos no Facebook :P

Urso Misha disse...

Xi, não tenho (muitos) amigos desses, só dois...

A um alcunhamos de Caldeira em honra do P. Caldeira, tem fotos na neve, na Golegã em Summerparty's e mais nada, limita-se só a isso, é tão inn.

E eu sou tão out, o meu ex-libris foi na praia do Barreiro numa explanada só eu e a minha companhia a beber um gin "maricas" (pois nunca tinha experimentado) e uma summersby. TOP :D

JP disse...

Não acredito que essas pessoas gostem mesmo desses sítios. O mais estranho é que essas festas contam sempre com um DJ "super fixe" a passar música de elevador (essa instituição chamada chill-out, de que na realidade ninguém gosta em contexto de festa).

Também imagino as belas rabanadas de vento que a malta dos rooftops deve apanhar.

Outra coisa que me traz dúvidas: sunsets na praia, mas daqueles em que tu tens que sair da praia directamente para lá. Deve ser cá um cheirinho a mexilhão...

Dexter disse...

@Rosa Cueca
Não estás a pagar o gin, estás a pagar o facto de "veres e seres vista". Não percebes nada disto pá.

@Kikas
Podemos britanizar a coisa de passar a ser o D'Exeter (para quem não sabe, é uma província lá para as terras de Sua Majestade).

@Jedi
O estranho mundo não tinha a ver com o apelido...

@Urso Misha
A praia do Barreiro é a piece de resistance. Muito bom!

@JP
Cá eu, em contexto de festa, confesso que gosto de uma boa azeiteirada. Ou seja, música que não tenho no Spotify, mas que sem ela, a festa é uma merda.

Rui Pi disse...

Não esquecer que apanhar na foto, SEM QUERER, uma qualquer semi-celebridade-medíocre portugesa, dá sempre um estilo extra. Não só se está na party fixe, com o sunset fixe, com o drink fixe, com as friends fixes... ainda se tem um vi ai pi.

Juanna disse...

E apanhar sol no telhado da minha casa deitada nas telhas e a ver o rio? Pena que não o possa ver desde dentro de casa, tenho mesmo que andar no telhado. Mas é fashion ;)